Saúde de Populações Indígenas

Quando se fornece serviços de saúde às populações indígenas, é fundamental tratar as necessidades exclusivas da população. Os tratamentos e a educação devem levar em conta as crenças culturais e religiosas, a estrutura familiar e o idioma.

 

Os projetos da PAHEF reconhecem as necessidades de saúde distintas dos povos indígenas ao longo das Américas e garantem a provisão dos serviços de saúde culturalmente adequados..

ARGENTINA

Universidade Nacional de Missiones, Posadas: Implementar um controle e exame seletivo do câncer de colo no útero das mulheres das comunidades indígenas Guaranis da região central de Missiones (US$13.200).

BOLÍVIA

Vizinhos do Mundo: Contribuir na melhora da condição nutritiva e na saúde das populações indígenas Quéchuas e Aimarás na remota cidade de Potosí do Norte através da identificação e promoção da alimentação infantil saudável e das práticas do cuidado das crianças, que levem a mudanças de comportamento sustentáveis e de longo prazo (US$24.000).

FUND-ECO, La Paz: Apoiar um estudo sobre o dano ocular proveniente da exposição aos raios ultravioletas nas populações indígenas de Aimará no Altiplano, assim como as mudanças nos costumes (o uso de boné com viseira larga em lugar de outros protetores de cabeça tais como o boné de beisebol) e hábitos entre as crianças e jovens adultos indígenas. Os resultados do estudo serão utilizados para desenvolver um programa focado à promoção de medidas de prevenção, especialmente entre as crianças, para reduzir os efeitos adversos dos raios ultravioletas na saúde humana (US$6.900).

Fundo Indígena: Apoiar cinco bolsas de estudo para o primeiro ano de capacitação na Universidade das Regiões Autônomas da Costa Caribe Nicaragüense (URACCAN) à obtenção de um diploma de Especialização na Gestão Intercultural da Saúde (US$15.000).

BRASIL

Associação Saúde Sem Limites: Analisar o impacto que tem tido a vida sedentária sobre as condições de saúde das populações indígenas Hupd’äh tradicionalmente nômades. O estudo serviu de base para o desenvolvimento de estratégias que melhorem a saúde e a qualidade de vida com a participação das populações Hupd’äh (US$25.000).

COLÔMBIA

Gênero,  Origem Étnica e Saúde Reprodutiva das Populações Indígenas na Fronteira Colômbia Equador: Ajudar a proporcionar serviços de saúde sexual e reprodutivos culturalmente apropriados (educação e cuidado) às populações indígenas (US$24.998).

GUATEMALA

Conselho de População, Escritório Regional para a América Latina e o Caribe, Cidade de México: Identificar e propor estratégias viáveis que ajudem a preparar lares maternais para ser usados apropriada e amplamente, de alta qualidade e mais aceitos culturalmente pelas mulheres indígenas e suas famílias na Guatemala (US$47.985).

Instituto de Educação e Saúde-IES: Ajudar a expandir e melhorar a prestação de serviços de saúde reprodutiva e sexual aos adolescentes indígenas na área de Apurímac. A região de Apurímac é uma das zonas rurais onde os problemas de gravidez adolescente e mortalidade materna constitui uma prioridade para o setor de saúde (US$25.000).

 

 
 
e-Newsletters
Registre-se
Modelo de projetos recentes da PAHEF na região
Sitemap