Promovendo uma vida mais saudável no México

kidsplants.jpgViver uma vida saudável pode ser um desafio, especialmente em cidades que estão em processo de urbanização, onde os padrões de vida tradicionais são substituídos em rápida escala. O México não está imune a essas mudanças. O país ocupa o segundo lugar no mundo em obesidade. No intuito de ajudar a ensinar a população de San Miguel de Allende sobre atividades e hábitos mais saudáveis, a PAHEF concedeu uma doação ao Centro para los Adolescentes de San Miguel de Allende (CASA), uma entidade sem fins lucrativos com uma história de 30 anos de apoio à educação e à saúde para a comunidade. Com a doação, o CASA criou um programa inovador e eficaz, chamado “Escolho uma vida sã”, que incentiva a alimentação saudável e o exercício físico.

O Problema

O ambiente tem grande influência em nossos hábitos alimentares e atividades físicas. Nas áreas rurais do México, muitas vezes é mais fácil encontrar uma lata de refrigerante do que um copo de água limpa. Dietas à base de ingredientes saudáveis como legumes, frutas, cereais e grãos estão sendo substituídos por alimentos de alto teor calorico e baixo teor nutritivo. Melhorias no transporte público significam que menos pessoas estão andando a pé ou de bicicleta. Estes fatores, combinados com o crescente hábito de assitir televisão, têm resultado em um comportamento sedentário e um aumento da incidência de obesidade em ritmos alarmantes.

Entendendo que a educação era necessária para promover tais mudança, o CASA iniciou seu projeto coletando dados sobre os costumes e as necessidades da região, o que revelou que as comunidades mais distantes do centro urbano de São Miguel eram as comunidades mais saudáveis. Também foi concluído que nas comunidades rurais, as pessoas eram menos cientes da importância da atividade física e alimentação saudável. Por exemplo, apenas 21% dessa populção consome frutas ou legumes uma vez por semana, e 79% apresenta vegetais incluídos em sua dieta de forma menos frequente ainda.

Para a próxima fase do projeto, mensagens e estratégias de comunicação foram criados, assim como artistas e nutricionistas  foram recrutados para desenvolver o conteúdo.

Preparando o palco para hábitos saudáveis

Com a doação feita pela PAHEF, o CASA e seu grupo de teatro juvenil produziu  uma peça de teatro de 30 minutos para ensinar hábitos alimentares saudáveis e atividades físicas à adolescentes em idade escolar, seus pais e professores. A equipe fez cinco fantoches e escreveu um roteiro divertido. A peça demonstrou como uma dieta bem equilibrada e exercícios físicos são importantes para viver saudável. A peça foi vista por aproximadamente 1, 300 crianças, adolescentes e adultos.

Sintonizando em Boa Saúde

Certamente as mulheres, e as mulheres indígenas, são público alvo para informações de hábitos saudáveis. São elas, muitas vezes, as responsáveis por cuidar da família e do planejamento das refeições. Para alcançá-las, o CASA produziu um programa de rádio de 24 capítulos, que discutiu o papel da mulher, a importância da alimentação infantil, nutrição e exercícios durante a gestação e amamentação, entre outros temas. A equipe do CASA investiu mais de 400 horas para escrever, produzir e gravar a rádio-novela.

Workshops

teacher Outro componente desta iniciativa foi uma série de workshops para treinar pessoas para ensinar seus colegas sobre estilos de vida saudáveis. Mais de 150 funcionários do CASA participaram de um workshop de 28 horas sobre nutrição, exercícios físicos e cultivo orgânico. Através do treinamento que receberam, os participantes enriqueceram substancialmente seus conhecimentos no assunto.
 
Os graduados do programa replicaram o workshop para mais 441 pessoas, ajudando a espalhar, ainda mais, a sua mensagem de vida saudável.

O sucesso do CASA

A PAHEF se orgulha de ter desempenhado um papel central na realização do programa “Escolho uma vida sã” e de contribuir para o seu sucesso. No total, o projeto foi desenvolvido em 12 comunidades, atingindo cerca de 1.300 pessoas. Através do envolvimento da comunidade, a iniciativa pôde contar com vários talentos nos seus esforços de educar sobre a importância da alimentação saudável e do exercício físico.

Além do “Escolho uma vida sã”, o CASA desenvolve uma variedade de programas de saúde e educação e, recentemente, obeteve grande impacto no sistema nacional de saúde materna e neonatal através de seus esforços na campanha pelo parto seguro e exercício da obstetrícia. O CASA atingi cerca de 80 mil pessoas necessitadas por ano e em 2010 realizou:

- Aconselhamento gratuito em planejamento familiar e métodos anticoncepcionais para 6.577 pessoas;
- Exame papanicolau gratuito para 833 mulheres;
- 9.709 consultas ambulatoriais na clínica e hospital materno do CASA;
- Educação sexual e programas ambientais para 6.082 pessoas em 83 comunidades e 90 escolas no estado de Guanajuato.

Escute uma amostra do programa de rádio aqui

Share
 
 
e-Newsletters
Registre-se
Indique hoje um candidato
Conheça a loja virtual da PAHEF
Modelo de projetos recentes da PAHEF na região
Sitemap