Nosso Trabalho

Saúde das Populações Indígenas

Ao prover assistência de saúde às populações indígenas, é fundamental tratar das necessidades específicas desse grupo. Os tratamentos e a educação devem levar em conta suas crenças culturais e religiosas, a estrutura familiar e o idioma.

 

A PAHEF reconhece as diferentes necessidades da população indígena ao longo das Américas e garante a provisão de serviços de saúde culturamente adequados.

ARGENTINA

Universidade Nacional de Missiones, Posadas: Implementação de um controle e exame seletivo de câncer de colo úterino nas mulheres das comunidades indígenas Guaranis da região central de Missiones (US$13.200).

BOLÍVIA

Vizinhos do Mundo: Contribuição na melhoria das condições nutritivas e na saúde das populações indígenas Quéchuas e Aimarás na remota cidade de Potosí, na região norte da Bolívia, através da identificação e promoção de uma alimentação saudável e de práticas no cuidado infantil, que resultam em mudanças de comportamento sustentáveis e de longo prazo (US$24.000).

FUND-ECO, La Paz: Apoio a um estudo oftalmológico sobre o dano ocular proveniente da exposição aos raios ultravioletas nas populações indígenas de Aimará no Altiplano, assim como as mudanças nos costumes e hábitos entre as crianças e jovens adultos indígenas (o uso de boné com aba larga em lugar de outros bonés como o boné de beisebol). Os resultados do estudo serão utilizados para desenvolver um programa focado à promoção de medidas de prevenção, especialmente entre as crianças, para reduzir os efeitos adversos dos raios ultravioletas à saúde (US$6.900).

Fundo Indígena: Apoio no custeio de  cinco bolsas de estudo para o primeiro ano de Especialização em Gestão Intercultural da Saúde na Universidade das Regiões Autônomas da Costa Caribe Nicaragüense (URACCAN0) (US$15.000).

BRASIL

 

Associação Saúde Sem Limites: Análise do impacto no bem-estar e nas condições de saúde das tribos Hupd’äh, tradicionalmente nomades, causado pela mudança para assentamentos permanentes. O estudo serviu de base para o desenvolvimento de estratégias que melhorem a saúde e a qualidade de vida com a participação integral dos Hupd’äh (US$25.000).


 

COLÔMBIA

 

Gênero,  origem étnica e saúde reprodutiva das populações indígenas da fronteira entre a Colômbia e Equador: Suporte ao proporcionar às populações indígenas assistência culturalmente apropriada (educação e cuidado) em saúde sexual e reprodutiva (US$24.998).


 

 

 

GUATEMALA

 

Conselho de População, Escritório Regional para a América Latina e o Caribe, Cidade de México: Identificação e proposta de estratégias viáveis para construir mais lares maternais, de melhor qualidade e mais aceitos culturalmente entre as mulheres indígenas e suas famílias (US$47.985).

Instituto de Educação e Saúde-IES: Ajuda na expanção e melhoria da prestação de serviços de saúde reprodutiva e sexual aos adolescentes indígenas na área de Apurímac. A região de Apurímac é uma das regiões rurais onde os problemas de gravidez entre adolescentes e a mortalidade materna é prioridade para o setor de saúde (US$25.000).

 
e-Newsletters
Registre-se
Indique hoje um candidato
Modelo de projetos recentes da PAHEF na região
Sitemap